quinta-feira, 9 de junho de 2011

Mãe Natureza


Mãe Natureza
(Gleidson Melo)

Barulhos de motosserras e estalidos de fogueiras em brasas acordaram a mata para mais um dia de execução das árvores e dos animais. Pássaros bateram em retirada e rumo ao desconhecido, não há mais onde pousar: os últimos abrigos foram ao chão. Era uma vez um bosque das aves e de refúgio para outros bichos em processo de extinção.

O homem chegou com suas ferramentas e códigos: invadiu, queimou e destruiu a floresta. Desesperados em seus hábitats, animais no meio das chamas corriam perigo.

O céu cinza pela fumaça negra aquece um planeta frágil e em processo de degradação, momentos em que o mundo clamava por dias melhores e sustentáveis a favor da vida. Tenha boas ideias e preocupe-se com o meio ambiente. Assim, poderemos deixar um legado de consciência e cuidados com a “mãe natureza”.
 Disponível no site Enseada dos Pensamentos